PRÉ-VENDA

Caro leitor, estamos lançando As Bases Filosóficas do Budismo Chinês do professor Joaquim Monteiro na modalidade de pré-venda. 

Comprando agora um exemplar do livro você estará contribuindo com o financiamento dessa obra única e altamente relevante para os tempos atuais pela combinação de filosofia budista e ética. Veja no vídeo o convite do professor para a campanha de pré-venda.

Com esta ação solidária, você também sai ganhando. Na compra de um exemplar você ganha desconto de 45% sobre o preço de capa na compra de outros livros, onde o professor Joaquim Monteiro também tem participação.

Participe da campanha e tenha desconto de 45% na compra qualquer destes livros

Recorte_-_Ciência_e_arte_na_filosofia_d

SOBRE A OBRA

AS BASES FILOSÓFICAS DO BUDISMO CHINÊS

Escrito pelo professor Joaquim Monteiro, consiste em uma tradução para o português de sua tese de Doutorado "Um estudo filosófico do Budismo chinês-centrado nas traduções de Kumarajiva." defendida e aprovada no ano 2000 na Universidade de Komazawa, Tóquio, Japão.


A obra é uma introdução metodológica e de seis capítulos que discutem o problema das asserções de verdades lógicas e éticas no pensamento budista chinês a partir de um confronto entre Sãtya-siddhi-Sastra e os Tratados da escola Madhyamaka, sendo que toda a literatura aqui empregada faz parte das traduções de Kumarajiva (343-413), um dos quatro tradutores mais representativos da história do Budismo chinês. O ponto central aqui consiste na discussão dos três modelos dominantes da teoria das "Duas Verdades" no pensamento budista chinês.

No entanto, existem dois fatores que fazem com que esta obra ultrapasse de longe o caráter de uma obra de pura e simples erudição acadêmica e aponte para a sua relevância fundamental no atual contexto do Budismo brasileiro.

O primeiro dele é que, ao mesmo tempo em que discute as asserções de verdades lógicas no pensamento budista, esta obra tem por sua conclusão uma discussão séria, detalhada e bem documentada da ética budista e de sua possível relevância no mundo contemporâneo.

O segundo é que, no atual contexto brasileiro marcado tanto pelo fortalecimento das Sanghas de praticantes budistas quanto por um visível crescimento tanto quantitativo quanto qualitativo dos estudos budistas na academia brasileira, o diálogo entre essas duas vertentes torna-se cada vez mais necessário. E é profundamente auspicioso neste contexto que este diálogo seja cada vez mais centrado nas temáticas da ética social budista em meio a comunidades que se interrogam a respeito de sua relação com a sociedade brasileira em geral.

Neste sentido, a publicação desta obra assume uma grande importância no contexto tanto do atual budismo brasileiro quanto dos estudos acadêmicos do Budismo presentemente em curso em nosso país.

 

"A compreensão dos principios, dos conceitos, dos valores formativos da estrutura de conhecimento do Budismo chinês e sua mescla com o Confucionismo e Taoísmo são uma necessidade para se entender o pensamento japonês de antes e do agora. O presente livro é uma ponte entre o Ocidente e o Oriente budista. Um livro necessário para uma visão ampla do cenário da filosofia budista internacional."

                   

                    Plínio Tsai

"Com a publicação de As bases filosóficas do budismo chinês de Joaquim Monteiro, os estudos de Filosofia Oriental ganham novo impulso e consolidada como consistente linha de pesquisa acadêmica. Trabalho rigoroso e imprescindível para a compreensão do pensamento filosófico budista chinês e japonês, este livro preenche uma das principais lacunas desta área em pleno crescimento no Brasil. Obrigado Joaquim Monteiro, por nos presentear com essa obra de folego!!!"

                Antônio Florentino Neto

"Na voz de uma das maiores autoridades brasileiras em religiões da China, com inserção nas esferas da academia e da confessionalidade, a obra Bases Filosóficas do Budismo Chinês do professor e monge budista Joaquim Monteiro é uma contribuição importante para os estudos filosóficos sobre as especificidades chinesas do pensamento budista da tradição Mahāyāna."

                               

                    Dilip Loundo

 

SOBRE O AUTOR

Joaquim Antônio Bernardes Carneiro Monteiro possui graduação em psicologia pela Universidade Santa Úrsula.RJ (1983), Mestrado em Budismo chinês pela Universidade de Komazawa, Tóquio, Japão (1997) e Doutorado em Budismo chinês pela mesma Universidade. (2001). Foi pesquisador do Instituto de estudos da cultura budista da Universidade Doho, Nagoya (1988-2003), Ensinou no Departamento de estudos budistas da Universidade de Komazawa (2001-2003), lecionou língua japonesa no Departamento de japonês da Universidade I-Show, Kaohsiung, Taiwan (2003-2005) e foi bolsista da Capes e Professor visitante na Coordenação de Pós-graduação em ciências das religiões da Universidade Federal da Paraíba, UFPB. (2013-2017). Dedica-se atualmente à tradução da literatura do Abhidharma Sarvãstivãda preservada em Mandarim e de obras da filosofia japonesa moderna e contemporânea.

foto_para_o_site_pré-venda.jpg